A Paraíba

A Paraíba é uma das 27 unidades federativas do Brasil. Localiza-se no leste da Região Nordeste. Limita-se com três estados: Rio Grande do Norte (norte), Pernambuco (sul) e Ceará (oeste), além do Oceano Atlântico (leste). Seu território é dividido em 223 municípios e apresenta uma área de 56 469,778 km², pouco menor que a Croácia. Com uma população de 3,996 milhões de habitantes, a Paraíba é o décimo quarto estado mais populoso do Brasil. A capital e município mais populoso é João Pessoa. Outros municípios com população superior a cem mil habitantes são Campina Grande, Santa Rita e Patos.

Ambiente de inovação e tecnologia

Com cerca de 320 empresas no segmento de negócios digitais e Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), instaladas por todo o Estado, com número significativo nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Patos e Cajazeiras, a Paraíba vem se transformando, ao longo dos anos, em uma referência nacional na área de inovação. Além disso, nessas cidades, são formados anualmente cerca de 500 profissionais em segmentos vinculados à tecnologia, nos níveis técnico e superior, oferecendo ao mercado, local e nacional, competências e conhecimentos para as necessidades impostas pelas novas dinâmicas econômicas e sociais. Ainda no campo da formação intelectual e profissional, a Paraíba está entre as cinco unidades da federação que mais formam doutores em proporção ao seu número de habitantes.

Com tais caraterísticas, o Estado tem se consolidado como um ambiente fértil para a inovação e a produção tecnológica, seja através das startups, de empresas inovadoras, incubadoras, instituições de ensino e fomento, dentre outros atores que estão inseridos no ecossistema local. Dessa forma, o estado vive um momento único para o fortalecimento e integração dessa rede de atores, visando o amadurecimento do ecossistema e a consolidação da cultura do empreendedorismo e da inovação.

Paraíba de negócios

Os pequenos negócios são também um dos principais pilares econômicos da Paraíba, tendo sido responsáveis pela retomada pós-recessão. De acordo com a última análise feita pelo Sebrae com base nos dados do Cadastro Geral de Em*****dos e Desem*****dos (Caged), do Ministério do Trabalho, de janeiro a abril deste ano os pequenos negócios geraram 1.233 empregos com carteira assinada.

Dados da Receita Federal, atualizados em 22 de junho deste ano, apontam um total de 162.623 pequenos negócios optantes do Simples na Paraíba, sendo 118.543 microempreendedores individuais (MEI) e 44.080 micro e pequenos negócios. Levando-se em consideração as principais vocações econômicas do estado, são pelo menos 71.697 pequenos negócios no comércio, 54.431 no setor de serviços e 21.021 na construção, conforme dados de agosto de 2018 da Receita Federal.

Uma pesquisa que trata dos negócios mais promissores para a Paraíba em 2019 aponta que as principais tendências estão nos setores de serviços, com destaque para os serviços pessoais e os da área de transporte, saúde e educação, construção e agropecuária. Este cenário favorece  diretamente a integração e conexão de atores relevantes do ecossistema local de inovação e desenvolvimento do ambiente de negócios, para a criação um território mais fértil a geração de ideias, soluções e projetos inovadores que gerem impacto para os pequenos negócios demandantes de inovação, de forma a assegurar uma evolução/transformação continuada na solução dos problemas e na geração de valor em todo o fluxo de conexão, o grande desafio.

Cultura

Em todos os municípios da Paraíba ocorre uma diversa quantidade de eventos, sendo os mais importantes: na capital, a festa da padroeira Nossa Senhora das Neves e de Nossa Senhora da Penha; em Campina Grande, O Maior São João do Mundo, já mencionado; em Guarabira, a festa da Luz; em Pombal e Santa Luzia, a festa do Rosário e, em Patos, a Festa de Nossa Senhora da Guia, além de O Melhor São João do Mundo. Entre as danças mais praticadas encontram-se: bumba-meu-boi, coco-de-roda, ciranda, nau-catarineta, pastoril e xaxado, muito populares durante todo o ano, sendo algumas principalmente durante o carnaval e o mês de junho, durante o período das festas juninas. Dentre os folguedos, estão a barca, a cavalhada, os cocos e as lapinhas.